O Pai
O Pai

O Pai

Comédia dramática, 75 minutos, 14 anos

O Pai

Comédia dramática, 75 minutos, 14 anos

Sinopse: A peça conta a história de André, um idoso de 80 anos, rabugento, porém muito simpático e divertido. Quando a memória dele começa a falhar, a sua única filha vive um dilema: deve levá-lo para morar com ela e contratar uma enfermeira para ajudá-la a cuidar dele ou deve interná-lo em um asilo – para poder curtir a vida ao lado de seu novo namorado? Com tom poético e um leve humor requintado, a peça trata desse tema comovente com leveza e sensibilidade, e nos convida a pensar sobre questões como a convivência familiar, o envelhecimento e as nossas escolhas na vida.

Rua Padre Estevão Pernet, 588, Tatuapé

Elenco/Direção: Texto: Florian Zeller. Tradução: Carol Gonzalez e Lenita Aghetoni. Direção: Léo Stefanini. Elenco: Fulvio Stefanini, Carol Gonzalez, Wilson Gomes, Lara Córdula, Carol Mariottini e Fulvio Filho.

Data: até 28 de Julho; Sábado, às 20h e domingo, às 19h.

Não há sessões com interpretação em LIBRAS

Não há sessões para espectadores com Transtorno do Espectro Autista

Na bilheteria

de R$ 100,00 a R$ 120,00

No Sampa ingressos

R$ 50,00 e R$ 60,00

Comprar

Comentários

Teatro confortável e aconchegante. Peça muito bem montada, e o Fúlvio é um show.

Mauricio P.

Excelente espetáculo super recomendo

Maria D.

Gostei muito do espetáculo, tinha visto o filme e achei que o toque de humor deixou menos pesado, faz a gente pensar em como é difícil viver uma situação assim.

Gilza C.

Muito bom

Phelipe A.

Emocionante, tocante, engraçada e que nos faz refletir em muitos momentos. Super indico!!

Viviane B.

Muito bom para refletirmos sobre a velhice.Os desafios. Bem abordado várias questões sobre.

Everaldo S.

Ótima peça, souberam abortar o assunto com delicadeza e humor, voltaria a assistir com toda certeza

Kath V.

Assitir a peça O Pai com o gigante, talentoso Fulvio Stefanini, nos remete a uma reflexão para questões familiares tão delicadas, em que se retrata a vivência da melhor idade. Como expectadora e admiradora do teatro, um ponto de observação que menciono, seria a grande circulação no palco dos atores parceiros, e as inúmeras vezes em que as luzes se apagam para a mudança cênica, acredito que esses pontos deixa a peça um pouco cansativa. No geral, parabéns a todos os atores e ao mestre Fulvio Stefanini, obrigada pela sua arte, pela sua entrega e talento em um dia de domingo.

Vanessa D.

Simplesmente uma liç?o de vida.

Yara P.

Muito bom. Texto e dinâmica da peça. Boas atuações. Destaque para Fulvio Stefanini, q ator. Muito bom poder assistir algo dele pessoalmente .

Edmilson B.

Peças selecionadas

O Vison Voador

Férias - com Fabio Assunção e Drica Moraes

Cá Entre Nós

A Banheira

A Partilha

NORMA - com Nívea Maria e Rainer Cadete

Pedro Cardoso em O Recém-nascido

O Vendedor de Sonhos

Manhattan

A Ciumenta

Hedda Gabler