Sampa Ingressos

Fragmentos da memoe#769;ria

Livre

Fragmentos da memoe#769;ria

Livre

Sinopse: A Zielinsky abre sua filial paulistana e a mostra de inauguração é "Fragmentos da memória", do artista Claudio Goulart (1954-2005), cuja produção se desenvolveu em Amsterdã, na Holanda, onde viveu por mais de 30 anos, e faleceu por complicações causadas pela AIDS. A curadoria fica a cargo da pesquisadora, doutoranda em Artes Visuais (PPGAV-UFRGS) e investigadora da obra de Goulart Fernanda Soares da Rosa. A mostra é uma parceria com a Fundação Vera Chaves Barcellos, instituição privada e sem fins lucrativos, que desde 2015 é responsável pela salvaguarda do acervo do artista. Por conta das enchentes ocorridas no Estado do Rio Grande do Sul, parte do valor arrecadado será encaminhado para o Instituto Cultural Floresta - ICF (https://institutoculturalfloresta.org.br/). Com o intuito de resgatar a trajetória e a obra de Goulart, a mostra propõe um olhar atento à produção desse importante artista que, mesmo com projeção internacional, é pouco conhecido no cenário brasileiro. A exposição parte da íntima relação de Goulart com a memória, temática que atravessa sua produção e se faz presente em imagens apropriadas e de referências históricas, bem como em fragmentos de paisagens por onde passou e habitou.

Travessa Dona Paula, 33, Higienópolis

Curadoria: Fernanda Soares da Rosa. Parceria: Fundação Vera Chaves Barcellos.

Data: até 27 de Julho; Terças, quartas, quintas e sextas, das 11h às 19h; sábados, das 11h às 17h. No dia da inauguração, das 12h às 18h.

Não há sessões com interpretação em LIBRAS

Não há sessões para espectadores com Transtorno do Espectro Autista

Preço: Grátis

Peças selecionadas

Abandonadas.com

Carmen Miranda - Pra Você Gostar de Mim

A Princesa e O Sapo

Órfãos

Cá Entre Nós

FANTASY - Uma Viagem Musical

Férias - com Fabio Assunção e Drica Moraes

NORMA - com Nívea Maria e Rainer Cadete

O Pai

João e Maria - A Casa de Doces

A Banheira