Comércio e Serviços | É grátis! | Shows | Teatro | Atividades Infantis | Dança | Música Clássica | Exposições | Cinema | Contato

Luciana P.L. solicita "a solução do problema referente ao meu filho Gabriel, pois o mesmo toma a medicação Ritalina (metilfenidato 10 mg) há mais de 3 anos, e meu marido a partir deste ano foi até o posto para conseguir o remédio gratuitamente. Foi aí que o problema começou... Meu marido foi 14 vezes para conseguir o remédio. Ninguem do posto CAPSI MOOCA sabia como retirar o remédio gratuitamente e nesse tempo, nós tivemos que pagar o remédio, já que ninguem tinha informação correta sobre formulários, receita, qual o local que entregava o remédio e fora o atendimento que é péssimo, pois parece até que estão fazendo um favor e não estão sendo pagos para exercer corretamente o cargo para o qual a prefeitura paga o salário dos mesmos. Pediram para nós irmos no CAPSI da VILA ZELINA e foi lá então que resolveram o problema do meu filho, preenchendo o formulário de cadastramento e encaminhando para retirar a Ritalina no posto da Vila Prudente. Com o médico deste posto (VL. Zelina), meu filho só passou 2 vezes, pois como os funcionários do CAPSI MOOCA, não sabiam como proceder, nos encaminharam para a Vila Zelina e depois nós retornamos para o CAPSI MOOCA pasando em consulta todos os mêses em com Dr. Armando para ele prescrever a Ritalina ao meu filho. Como disse anteriormente, parece até que estão me fazendo um favor, só que é um Direito que eu tenho como cidadã receber o remédio (gratuito) já que meu filho tem Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade já diagnosticado por 4 psiquiatras e por ter feito diversos exames e conforme relatório da Escola e dos pais.
Acho um absurdo eu ter que dizer para o médico qual o papel que ele deve preencher para eu poder retirar a medicação do meu filho, e é isso que tenho que fazer todos os mêses, pois ninguem sabe nada no CAPSI MOOCA.
Bom, meu filho tem que tomar 6 (seis) comprimidos todos os dias e quando fui pegar a receita e retirar no posto, fui avisada que o cadastro do meu filho já estava sem validade, uma vez que a validade do mesmo é de apenas 6 mêses.
Liguei no mesmo dia no posto para Mariana (dia 02 de Setembro) para avisar que me filho iria ficar sem Ritalina, já que estava no fim (só havia 2 comprimidos na escola), a mesma me disse que falaria com o Dr. Armando e me retornaria no dia seguinte (já sabendo que a Ritalina estava no fim e que meu filho não pode ficar sem o mesmo, pois atrapalha as aulas e está em época de provas).
No dia seguinte nada, no outro tambem e assim foi até a data de 08/09/2011 que meu marido ligou no CAPSI MOOCA e falou com a Gerente Graziela, que tambem para conseguir falar com a mesma teve que insistir muito e até discutir. A Graziela disse que iria resolver o problema e que era para eu (Luciana) mãe do Gabriel ir até o CAPSI DA VILA ZELINA trocar a receita com o médico de lá.
Hoje dia 09/09/2011 eu Luciana (mãe do Gabriel) fui até a Vila Zelina as 09h30m conforme haviam me solicitado, mas quando cheguei até os próprios funcionários ficaram indignados com a situação e disseram que o médico do CAPSI MOOCA deveria fazer esse cadastramento e me pediram para que por favor se eu poderia levar os formulários para o médico preencher no CAPSI MOOCA, pois nem os formulários eles tinham no CAPSI MOOCA.
Bom, fiz o favor que me pediram, levei o formulário e o Dr. Armando preencheu e fui novamente até o posto tentar retirar o remédio, e, chegando lá, me informaram que o formulário estava com algumas partes em branco e que o médico deveria preencher o que estava faltando. Voltei NOVAMENTE no CAPSI MOOCA e pedi para preencher o que estava faltando e perguntei se ele estava cadastrado para poder receitar o remédio para o Gabriel e conforme a Mariana me disse, " ele está sim cadastrado" voltei novamente para retirar o remédio, más...
Não me entragaram o remédio, pois ele não está CADASTRADO para liberar o remédio para meu filho.
Fui então falar com a Gerente Cintia (VILA PRUDENTE) para saber o que era preciso para cadastrar o médico Dr. Armando, para que eu pudesse resolver aquele problema já que no CAPSI MOOCA não sabem nem cadastrar um médico. A Cintia (por sinal muito prestativa) ligou na minha frente para diversas pessoas tentando saber o que estava acontecendo e realmente confirmou que ele não era cadastrado, pedindo então para eu pedir para o psiquiatra do CAPSI VILA ZELINA me dar o formulário preenchido, já que foi ele que resolveu o problema de 6 mêses atrás.
Liguei novamente no CAPSI da MOOCA para tentar resolver o problema deixando recado e agora já estamos as 17h06 do dia 09/09/2011 e não obtive nenhuma resposta.
Conclusão:
É sempre um sufoco para conseguir remédio controlado ou está sendo recomendado para o médico dar canseira nas pessoas para que elas desistam?
Os funcionários do CAPSI Mooca, não sabem nada e nem se preocupam em saber, deixando para as mães trabalharem para eles
Fui feita de office-boy, indo buscar formulários no CAPSI Vila Zelina e entregar no CAPSI Mooca
Não sabem preencher formulários
Não tratam os pacientes e mães com o devido respeito
Não exercem suas funções (principalmente a gerente Graziela, que nem teve o dissernimento de ligar para os devidos lugares confirmando se o Dr. armando era cadastrado na secretária da saúde) isto que já sabia desde fevereiro, que o mesmo não era cadastrado e não se preocuparam em cadastrá-lo
Só na data de hoje fui: CAPSI Vila Zelina/ CAPSI Mooca/ Posto Vila Prudente/ CAPSI Mooca/ posto Vila Prudente e nada resolvido (me senti uma verdadeira office-girl)
Solucão: quero que meu filho seja atendido no CAPSI Vila Zelina, uma vez que os funcionários de lá, são muito educados e prestativos
Quero o direito do meu filho tomar a medicação receitada
Quero que os funcionários façam reciclagem, pois não dominam a função
E quero retorno o mais rápido possível, pois o meu filho está sem a medicação..
Desde já agradeço a atenção"

Resposta:
Retransmitiremos sua reclamação à assessoria de comunicação da Secretaria da Saúde, mas devido à urgência do problema sugerimos que a senhora entre em contato com Mario Sérgio Mendes Cardoso, Ouvidor da Saúde - SMS/G, pelos telefones 3361-4443 e 3361-4445 (das 9 às 17 horas), ou ainda pelo
e-mail:ouvidoriasaude@prefeitura.sp.gov.br. A senhora pode também contatar o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente , uma de cujas funções é "cooperar com os Municípios no atendimento da criança e do adolescente", através do site http://www.condeca.sp.gov.br. Eles poderão lhe orientar na procura dos seus direitos.


Compartilhe:
Facebook Twitter

Outras notícias

Festival Revelando SP abre inscrições para diversas categorias.
O festival que acontece de no Parque do Trote acontece de 29 de novembro a 3 de dezembro.

CPTM inicia a 12ª Edição do Livro Livre.
Durante 4 dias de outubro, os usuários poderão encontrar livros pelas estações e fazer suas doações.

Biblioteca Parque Villa-Lobos oferece curso de Literatura Brasileira.
As aulas são voltadas para os vestibulares e acontecem até o dia 11 de novembro.

Fábricas de Cultura oferecem programação de Halloween.
Entre os dias 17 e 28 de outubro, as fábricas realizam bailes, saraus e oficinas especiais.

Sesc Vila Mariana realiza aula espetáculo de dança.
O curso promove a mesclagem de elementos técnicos e simbólicos da afro diáspora.

+ Mais notícias

promoção em adesivação de stands e envelopamento de veículos 20% OFF Inform
Reforme seu sofá e ganhe 2 almofadas decorativas no mesmo tecido. Vitória Estofados
Mais Ofertas

Portal Sampa Online (http://www.sampaonline.com.br): o portal dos bairros da cidade de São Paulo