Receba, gratuitamente, o Boletim Sampa Online

Pagando Bem Que Mal Tem?
Pagando Bem Que Mal Tem?

Pagando Bem Que Mal Tem?

Comédia, 80 minutos, 12 anos.

Pagando Bem Que Mal Tem?

Comédia, 80 minutos, 12 anos.

Sinopse: A peça conta a história de Jonh Lennon Soriano da Silva que, para se livrar das dívidas e de Nilzedete, uma esposa pra lá de pirada, resolve dar cabo da própria vida. É nessa situação que ele conhece Dagmar Leão, uma repórter de TV oportunista e inescrupulosa que resolve televisionar o suicídio e quem sabe levantar um dinheiro vendendo patrocínios na morte do novo amigo. A situação piora ainda mais quando Nilzedete resolve apoiar a ideia. Situações hilárias acontecerão durante o desenrolar desta trama, com final surpreendente!

Elenco/Direção: Texto e Direção: Pedro Fabrini. Elenco: Carmem Sanches, Gil Teles, Pedro Fabrini e Rafael Junqueira.

Este espetáculo não está em cartaz atualmente

Comentários

Estive em São Paulo com a família a passeio e tivemos o prazer de conhecer a peça Pagando Bem Que Mal Tem? foi uma noite muito agradável, regada com muitas gargalhadas!!!

IRACEMA SARMENTO VIEIRA XAVIER

Isabelle Ribak

Ótima comédia com grande elenco. O teatro é muito confortável, realmente é uma ótima opção para o domingo a noite.

Fábio Valgas

Comédia bem elaborada.

Carina de Almeida Salas Rodrigues

Teatro Bibi Ferreira (300 lugares)

Avenida Brigadeiro Luis Antônio, 931 (Bela Vista)

Telefone: 3105-3129

Horário da Bilheteria: Durante a semana, somente caso haja espetáculo, 1h antes do início da sessão. Sábados, das 14h até o horário de início do espetáculo. Domingo, das 15h às 19h30.

Convênio com o estacionamento "Gigante", número 759

Conforto das instalações:

Ótimo

1270

Bom

3703

Regular

1980

Ruim

595

Peças selecionadas

Leandro Hassum Na Comédia É Noix Família

Casa, depois me conta...

Show de Hipnose Cômica - Magicamente

Terapia Sexual

A Noviça Mais Rebelde

Só por Deus - A comédia

A importância de ser Prudente

Homens no Divã - No Tatuapé

A Flor do Meu Bem Querer

Ex Bom é Exumado

Cada Um Tem o Anjo Que Merece