Sampa Ingressos

Festival de Dança em Trânsito 2024: HEIDI DUCKLER DANCE E YANA RETOVA & COLL

70 minutos, Livre

Festival de Dança em Trânsito 2024: HEIDI DUCKLER DANCE E YANA RETOVA & COLL

70 minutos, Livre

Sinopse: Serão 3 apresentações de grupos fantásticos.
Heidi Duckler Dance – Los Angeles: Fundada inicialmente em 1985, a Heidi Duckler Dance é pioneira na produção de performances interdisciplinares. A Cia desenvolve e ensaia cada experiência multissensorial no local onde o trabalho é realizado. A Heidi Duckler Dance promove a equidade social em comunidades com poucos recursos, oferecendo oportunidades para que membros do público e estudantes interajam com espaços significativos, públicos e privados, aos quais eles podem não ter acesso de outra forma. Essas experiências inovadoras permitem que os participantes vejam esses lugares, e suas comunidades, de maneiras novas e interessantes. Por 38 anos, a Diretora Artística da HDD, Heidi Duckler, criou mais de 500 obras originais localmente, nacional e internacionalmente. O trabalho de Duckler foi reconhecido internacionalmente em Hong Kong (Hong Kong Urban Arts Festival 2007), Rússia (Link Vostok International East-West Arts Exchange 2010), Montreal (Transatlantique Quartier 2013), Alemanha (Tanzmesse, 2014 e 2018), Austrália (Brisbane Festival 2014), Cuba (Ciudad en Movimiento 2016) e Chile (Puerto de Ideas 2018).

Grupo Tápias – Fantasmas: uma esquete dançada, é o resultado de uma residência artística dirigida pelo Grupo Tápias entre as bailarinas Flávia Tápias, Jitka Čechová, da República Tcheca, e a atriz Paula Braun. É um espetáculo que integra a dança, a teatralidade e a fusão das duas propostas artísticas, tudo ancorado pelo texto de Fernando Caruso “Os Dois Fantasmas”. – Recriar esta obra sob o prisma da dança foi uma tentação irresistível – revela Flávia, que é fã da obra de Caruso. A ação é uma parceria entre os festivais Tanec Praha e Dança em Trânsito. Dentre as marcas registradas do Festival Dança em Trânsito, as trocas predominam: experiências compartilhadas, criação multiplicada, diversidade e novidade fluem em todo o processo. À frente do Grupo Tápias, a coreógrafa e bailarina Flávia Tápias vem construindo uma reconhecida trajetória de criação coletiva, que sempre se manifesta no Festival Dança em Trânsito, por meio de residências, com participação de artistas de várias partes do Brasil e do mundo. O Grupo Tápias vem construindo, ao longo de seus mais de 30 anos de existência, uma sólida base técnica, sustentada por incessante pesquisa de linguagem própria. A partir de 2009, ao atuar ostensivamente em festivais internacionais, Flávia Tápias assumiu a direção da companhia, criando o GrupoTápias. França, que desde então conta com bailarinos de diferentes nacionalidades. Até hoje a cia conta com a colaboração artística de Giselle Tápias. Hoje o Grupo Tápias coleciona, em seu repertório, mais de 30 criações coreográficas, das quais 11 continuam ativas, em turnê. A companhia abriga também, em seu repertório, videodanças e documentários sobre o processo criativo.

Yana Retova & coll - Invisible Traces: Um fato interessante é que as impressões digitais podem permanecer no corpo humano por um longo tempo quando tocadas. Todos os dias transmitimos nossas informações e recebemos as de outra pessoa, somos seus portadores sem saber. As impressões digitais são únicas e irrepetíveis, como o ciclo da vida. Elas nos tornam únicos e armazenam todas as informações sobre nós. Fazemos muitas conexões invisíveis todos os dias. Mas, ao mesmo tempo, estamos sozinhos em nossa singularidade.
Yana Retova - CHOREOGRAPHER & DANCER. Trabalhou como bailarina, coreógrafa e professora na região de Odesa. Em 2014 fundou o Dance Theatre Plastilin em Chornomorsk e criou várias miniaturas recebendo alguns prémios. Organizou o festival "Plataforma de Dança Mais" (5 anos) e trabalhou muito com crianças (projeto Creative Kids) e seus alunos. Ela iniciou o festival "Falando com o Corpo", que aconteceu apenas uma vez. Em março de 2022, fugiu da guerra para Praga, onde trabalha atualmente. Esteve envolvida em projetos de outras coreógrafas (Anna Källblad, Nicole Beutler, POCKETART, Flávia Tápias) e ela própria lidera oficinas para crianças e desenvolve seu próprio trabalho criativo com vários artistas. Seu quinteto Together Alone – Part I/Lost foi selecionado para a programação principal da Plataforma de Dança Tcheca e já foi convidado para festivais em Vilnius e Barcelona, todo o tríptico foi estreado no festival Kilowatt em Cortona, IT.

Rua Josef Kryss, 318, Barra Funda

Data: Dia 27 de Julho (sábado), Sábado, às 20h.

Não há sessões com interpretação em LIBRAS

Não há sessões para espectadores com Transtorno do Espectro Autista

Preço: de R$ 50,00 a R$ 120,00

Peças selecionadas

A Turma Do Sítio Contra Cuca

FANTASY - Uma Viagem Musical

A Princesa e O Sapo

O Vison Voador

Peter Pan - Crescer É Preciso

Férias - com Fabio Assunção e Drica Moraes

O Pai

João e Maria - A Casa de Doces

O Pequeno Príncipe em Uma Aventura Brasileira

Rapha e Mandy Em As Melhores Férias Do Mundo

A Partilha