Receba, gratuitamente, o Boletim Sampa Online

Coronel Mostarda: O Legado
Coronel Mostarda: O Legado

Coronel Mostarda: O Legado

Improviso, 14 anos.

Coronel Mostarda: O Legado

Improviso, 14 anos.

Sinopse: Um espetáculo-jogo de investigação inspirado no jogo de tabuleiro detetive, em que o público é convidado a desvendar o caso da noite a partir das cenas totalmente improvisadas. No início do espetáculo, as cartas são sorteadas junto com a plateia. Neste sorteio, são definidas as cartas do Assassino, Vítima, Arma do crime e o Cômodo onde a vítima morreu. Com a condução da detetive Miranda, o objetivo do público é acertar as quatro cartas sorteadas a partir da história que os atores improvisam! Por ser um espetáculo improvisado, cada história é completamente diferente uma da outra, ou seja, o público pode vir quantas vezes quiser para jogar e sempre verá um espetáculo diferente. Com elenco rotativo, a cada apresentação temos uma combinação de atores/personagens diferentes, que ganham vida neste jogo/espetáculo cômico de Improvisação Teatral com muito suspense, mistério e blues. "Coronel Mostarda: O Legado" é uma adaptação do espetáculo "Coronel Mostarda com a Chave Inglesa na Cozinha", que esteve em cartaz na cidade de São Paulo durante 9 meses e teve sua temporada interrompida devido a pandemia. Com o sucesso, a produção manteve o projeto online como Coronel Mostarda: Reloaded", trazendo um novo elenco que se consolidou nesse temporada para dar impulso ao retorno das atividades dos teatros paulistanos. A primeira versão do espetáculo acontecia em uma atmosfera de filme noir na década de 50, já na versão atual os personagens vivem em 2021. Eles são os netos dos antigos personagens vividos no palco na "década de 50" que retornam para a mansão onde ocorreu esse crime. Será que o legado de assassinato se repetirá? A resposta é SIM! E o público terá que solucionar novamente esse crime!

Elenco/Direção: Direção: Michelle Galindo. Produção: Laura Turati. Elenco: Alícia Ignácio, Arthur Morini, Júlia Delgado, Julio Graça, Laura Turati, Le Moraes, Leo Castilhos, Lucas Ronconi, Michelle Gallindo e Willian Escodro.

Data: até 29 de Julho; Sextas, às 21h

Na bilheteria

R$ 60,00

No Sampa ingressos

R$ 27,90

Comprar

Comentários

Fui duas vezes à peça. A primeira, na estreia, achei interessante mas ainda, imaginava, imatura (faltava um pouco de criatividade nas improvisações). Percebi na primeira visita que a peça não divulgava corretamente a faixa etária pois haviam crianças mas a linguagem é conteúdo era imprópria. Fui, então, mais de um mês depois, esperando uma melhor experiência nesse sentido, improvisações mais maduras e engraçadas, mas infelizmente não parece ter havido evolução. Infelizmente o espetáculo ainda contava com crianças mesmo havendo nudez, linguagem torpe e histórias de assassinatos e conotações sexuais. Minha sugestão, caso a equipe não saiba improvisar removendo esses elementos ao haver crianças, é que, então, deixe mais explícito o conteúdo adulto da peça pois a divulgação como um jogo atrai famílias que levam suas crianças erroneamente. Com exceções (Lazuli que improvisou muito bem e a atriz convidada que fez Dona Rosa, além de Jade e Jaspe), as improvisações continuaram imaturas. Cenas onde os personagens ficavam calados tentando criar algo não era incomum. Erros sobre a genealogia proposta pela própria peça aconteceram por diversas vezes. O ator que fez o papel de Citrino chegou a criar dificuldades difíceis de serem vencidas pelos demais atores por inserir elementos em sua improvisação que não ajudaram na peça (seu nervosismo é aparente). A detetive é competente em sua missão inicial de brincar com o público e explicar a peça, mas a primeira atuação foi melhor que a última. Demasiadamente preocupada com o horário do término, chegou a pular partes da peça e forçar desfechos que sabia serem os reais (sorteados) para que a peça encerrace dentro do tempo. Vale a visita, a ideia é boa. Pra mim, apenas, falta treino de improviso pra acertar na execução.

Thiago Marotta Couto

Os atores são excelentes. Peça muito divertida e original. Eu e meus filhos adoramos!!

Patrícia Muxfeldt

Av. Francisco Matarazzo, s/n - Bloco B - Praça de alimentação (Água Branca)

Telefone: 3384-8045

Horário da Bilheteria: de terça a domingo das 14h às 22h

Conforto das instalações:

Ótimo

170

Bom

161

Regular

46

Ruim

9

Peças selecionadas

A Lista

Intimidade Indecente

Procuro o homem da minha vida, marido já tive

Mãe Fora da Caixa - Mia Mello

Jardim de Inverno

Ex Bom é Exumado

O Homem Mais Inteligente da História

Nany People em Tsunany na Zona Sul

A Ciumenta

Comédia ao Vivo

Vingança - O Musical