Receba, gratuitamente, o Boletim Sampa Online

ele se lembra que havia jardins¹
ele se lembra que havia jardins¹

ele se lembra que havia jardins¹

ele se lembra que havia jardins¹

Sinopse: Bruno Weilemann reúne um recorte da sua produção recente, apenas com
obras inéditas, para a sua primeira individual em São Paulo. A mostra "ele se lembra que havia jardins" apresenta trabalhos sobre tela em grandes e pequenas dimensões, que fazem parte de uma nova investigação do artista, utilizando tinta a óleo, pó de grafite e resinas. Além das pinturas, a exposição traz alguns objetos e uma sala escura de conteúdo instalativo em que objetos-pintura, pensados como mecanismos projetores, traçam um paralelo entre a construção pictórica (por meio de veladuras) e seu interesse pela imagem cinematográfica e fotográfica. Em uma das obras, o artista leva para a parede placas semi-transparentes como lâminas em grandes formatos. A obra, com iluminação própria, propõe uma nova forma para o negativo fotográfico e a mesa de luz fazendo referência a série “Sobras” de Geraldo de Barros.

Local: Galeria Aura Arte (Oeste)

Elenco/Direção: Artista: Bruno Weilemann.

Este espetáculo não está em cartaz atualmente

Rua Wisard, 397 (Vila Madalena)

Peças selecionadas

Diogo Portugal - Stand-up - Primeiros Textos

Parque Patati Patata Circo Show

Café da Manhã + Princesas e Contos

A Bela Adormecida

Acredite, Um Espírito Baixou em Mim!

Os Monólogos da Vagina

Visita à Vila dos Coelhos

Fato Venério, o Show do Paulinho Gogó

O Mágico de Oz - O Espetáculo

Rafael Portugal na Comédia - Eu Comigo Mesmo

Sérgio Mallandro, O Errado Que Deu Certo