Comércio e Serviços | É grátis! | Shows | Teatro | Atividades Infantis | Dança | Música Clássica | Exposições | Cinema | Contato

Leitor de São Roque questiona se Polícia Militar deve atender reclamações referente a Leis Municipais
Sou da cidade de São Roque/SP. Existe lei municipal (3.402/2009) que proíbe som alto em carros particulares. Outra lei municipal (3.622/2011) dispõe sobre a necessidade de isolamento acústico a bares, restaurantes e similares (que usam som alto). Nos finais de semana à noite o 156 (fiscalização) da prefeitura não funciona. Se eu ligo na PM (190) eles dizem que, por ser lei municipal eu tenho que ligar para a Guarda Municipal. Mas a GM também não atende (pelo menos nas ocasioes em que liguei). Pergunta: é correta essa postura da PM, de se negar a atender um desrespeito de leis municipais? O que devo fazer?

Resposta:
Compete à Polícia Militar "prevenir o cometimento de ilícitos penais ou de infrações administrativas sujeitas ao controle da Instituição". E compete à Prefeitura, através dos órgãos competentes, neste caso a Guarda Municipal da Prefeitura de São Roque, fiscalizar as Leis Municipais. A Polícia Militar só atua na esfera municipal quando há convênios específicos (como, por exemplo, a Operação Delegada no Município de São Paulo) assinados entre as partes. Sugerimos que o senhor participe da próxima reunião do Conselho Comunitario de Segurança de São Roque, no mês de Janeiro, e exponha o problema perante as autoridades policiais locais. Confira em http://www.consegsaoroque.com.br. Mas note que há casos de perturbação de sossego onde a Polícia Militar pode ser chamada, com base no Art. 42 da Lei das Contravenções Penais, mas só para levar o reclamante à delegacia para efetuar um Boletim de Ocorrência. Não cabe à Polícia Militar, entretanto, aplicar multas ou sanções eventualmente previstas na legislação municipal.


Compartilhe:
Facebook Twitter

Outras notícias

CPC-USP abre Casa de Dona Yayá neste domingo.
A visitação é em homenagem ao aniversário do nascimento de Sebastiana de Mello Freire, chamada Dona Yayá.

Boutique Vintage Brechó e Bar oferece aulas de dança a partir dessa semana.
O valor das aulas variam de R$ 45,00 a R$ 420,00 e a primeira aula é gratuita.

Minicurso aborda a história do disco em São Paulo.
São duas aulas ministradas por Bruno Sanches Baronetti.

Casa das Caldeiras inicia a programação do ano com visita monitorada.
Os visitantes serão convidados para uma viagem na história e pelos belos espaços do local.

OSESP abre vagas para coros infantil e juvenil.
As inscrições estão abertas até o dia 9 de fevereiro.

+ Mais notícias

Reforme seu sofá e ganhe 2 almofadas decorativas no mesmo tecido. Vitória Estofados
promoção em adesivação de stands e envelopamento de veículos 20% OFF Inform
Mais Ofertas

Portal Sampa Online (http://www.sampaonline.com.br): o portal dos bairros da cidade de São Paulo