Comércio e Serviços | É grátis! | Shows | Teatro | Atividades Infantis | Dança | Música Clássica | Exposições | Cinema | Contato

Leitora reclama de vizinhos que atiram pedras em sua casa por conta de ritual Umbanda que pratica
Na minha casa, temos um centro de Umbanda, no qual fazemos rituais todas as terças e sábados das 20h às 23h30, porém não fazemos uso de atabaques, apenas cantamos e utilizamos aparelho de som em volume moderado. Moramos aqui há 1 ano, porém os vizinhos da rua que faz fundos com a nossa casa atiram pedras no telhado do nosso terreiro de Umbanda cada vez que ouvem nossos rituais. Também já ocorreu de passarem em frente à nossa casa durante a madrugada e atirar pedras na janela do nosso quarto. O proprietário da casa é meu amigo, ele é deficiente físico. Moramos apenas eu e ele aqui. Uma certa noite, esses mesmos vizinhos atiraram muitas pedras no telhado do terreiro de umbanda, e eu chamei a Brigada Militar, que demorou cerca de 1 hora para vir (após eu ter feito mais de 3 ligações). Quando aqui chegaram, disseram que não tinham como tirar satisfação com esses vizinhos, pois não fizeram flagrante, apenas ouviram as nossas reclamações. Disseram que eu deveria abrir um B.O. Eu gostaria de saber o que acontecerá com esses vizinhos após eu fazer esse B.O contra eles, e também quero saber se eles têm o direito de atirar pedras na nossa casa, e como devo realmente proceder para que isso tenha um fim.

Resposta:
Nem seus vizinhos, nem ninguém, pode atirar pedras ou qualquer objeto no seu telhado. Segundo o Art. 938 do Código Civil Brasileiro "Aquele que habitar prédio, ou parte dele, responde pelo dano proveniente das coisas que dele caírem ou forem lançadas em lugar indevido". A senhora pode efetuar um Registro Digital de Ocorrência, em qualquer Delegacia de Polícia, que se o Delegado Titular entende pertinente originará um inquérito que será enviado ao Ministério Público. Mas a senhora também pode procurar indenização, nem que seja por dano moral. Procure um Juizado Especial Cível

Comentários

Em 04 de Março de 2012 Teofilo comentou: Antes de mais nada, tenta verificar a possibilidade de eles serem daquelas outras religiões , para se explicar a falta de conduta e intolerância, depois procure a justiça e faça valer seu direito de liberdade de religião, não custa muito colocar 2 ou 3 cameras, e filmar os fatos, com tudo isso em mãos peça procure a justiça talvez você consiga um mandato de segurança e cobrar o devido respeito e danos morais e prejuízo. E quanto as cameras use-as e grave, contra fato não há argumento.


Compartilhe:
Facebook Twitter

Outras notícias

Fábricas de Cultura oferecem programação de Halloween.
Entre os dias 17 e 28 de outubro, as fábricas realizam bailes, saraus e oficinas especiais.

Sesc Vila Mariana realiza aula espetáculo de dança.
O curso promove a mesclagem de elementos técnicos e simbólicos da afro diáspora.

23ª BrooklinFest traz "Mauerfall" como tema do ano.
A festa que acontece nos dias 21 e 22 de outubro, tem o objetivo de "construir pontes para a convivência intercultural".

Grupo Galpão oferece oficina sobre teatro no Sesc Itaquera.
A programação é gratuita e as inscrições devem ser feitas de 11 a 25 de outubro

Reforme seu sofá e ganhe 2 almofadas decorativas no mesmo tecido. Vitória Estofados
promoção em adesivação de stands e envelopamento de veículos 20% OFF Inform
Mais Ofertas

Portal Sampa Online (http://www.sampaonline.com.br): o portal dos bairros da cidade de São Paulo